Programa Centelha PB registra o número de 201 ideias inovadoras aprovadas na Fase 1

Com as inscrições encerradas em agosto deste ano, o Programa Centelha PB, executado pela FAPESQ/PB, divulgou a lista final de aprovados na Fase 1 do programa. Para a fase 2, foram aprovadas 201 ideias inovadoras, sendo elas provenientes de 17 municípios paraibanos. O Centelha PB contabilizou 540 ideias na fase de submissão, as mesmas submetidas por 1.480 participantes e originárias de 40 municípios.

O Programa Centelha é promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operada pela Fundação CERTI e executada na Paraíba pela Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba – FAPESQ-PB.

De acordo com os dados do Programa Centelha, a mesorregião com mais ideias aprovadas é a Mata Paraibana, contabilizando 119 ideias. Logo após, com 79 ideias provenientes de 8 municípios, o Agreste Paraibano. A mesorregião do Sertão Paraibano recebeu 3 ideias inovadoras, sendo cada uma originária de um município diferente.

Algumas temáticas obtiveram mais ideias aprovadas, são elas: Tecnologia Social (31,8%), TI e Telecomunicações (11,9%), Química e Novos Materiais (10%), Internet das Coisas (IoT) (9%), Biotecnologia e Genética (7%), Design (7%), Automação (5,5%) e Inteligência Artificial e Machine Learning (5%).  Além destas, outras temáticas foram abordadas pelos participantes, como: Big Data, Blockchain, Eletroeletrônica, Geoengenharia, Manufatura Avançada e Robótica, Mecânica e Mecatrônica, Nanotecnologia, Realidade Aumentada, Realidade Virtual e Segurança, Privacidade e Dados.

FONTE: FAPESQ/PB

Confira estas e outras estatísticas abaixo:

Programa Centelha Paraíba recebe 540 ideias!

Paraíba registra 540 ideias inovadoras e 1.480 participantes inscritos na 1ª fase de seleção do Centelha-PB

Lista com as 200 ideias aprovadas para a próxima fase será divulgada até dia 04 de setembro.

O Programa Centelha-PB recebeu 540 propostas de negócio, submetidas por 1.480 participantes, provenientes de 40 municípios paraibanos. As inscrições foram encerradas nesta sexta-feira (16). O Centelha é promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e pelo Governo do Estado da Paraíba, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operada pela Fundação CERTI e executada na Paraíba pela Fundação de Apoio à Pesquisa (Fapesq).

De acordo com os dados do Programa Centelha, a maior incidência de inscritos foi registrada na Zona da Mata, com 303 ideias submetidas, com maior número em João Pessoa (271); e em segundo lugar vem o Agreste com 210 inscritos, sendo 152 de Campina Grande. As ideias que apresentaram maior quantidade de inscritos seguiu a temática da Tecnologia Social (28.5%), em segundo lugar vem TI e Telecomunicações (15.2%) e em 3º colocação está a área de Design, com 8.3%. O maior número de ideias submetidas foi de proponentes de formação do Ensino Superior (48.5%) e em segundo lugar da Pós-Graduação, com 45.6%.

Paraíba lança o Programa Centelha com investimento para ideias inovadoras

Objetivo é estimular a criação de empreendimentos inovadores com recursos de subvenção econômica

Aconteceu na última quinta-feira (06/06), no auditório do Sebrae, em João Pessoa, o evento de lançamento do edital do Programa Centelha Paraíba, promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operada pela Fundação CERTI e executada na Paraíba pela Secretaria de Estado da Educação, Ciência e Tecnologia (SEECT) e Fundação de Apoio à Pesquisa (Fapesq). Serão investidos na Paraíba recursos na ordem de aproximadamente R$ 1,7 milhão, sendo 570 mil de contrapartida do Estado.

O Programa Centelha visa estimular a criação de empreendimentos inovadores, a partir da geração de novas ideias, e disseminar a cultura do empreendedorismo inovador em todo território nacional, incentivando a mobilização e a articulação institucional dos atores nos ecossistemas locais, estaduais e regionais de inovação do país.

O lançamento do Centelha-PB aconteceu durante a solenidade de abertura do Fórum do Confap, pelo governador do Estado da Paraíba, João Azevedo Lins Filho, com as presenças do secretário de Estado da Educação, Ciência e Tecnologia, Aléssio Trindade; o secretário executivo de Ciência e Tecnologia da Paraíba, Claudio Furtado; o presidente da Fapesq, Roberto Germano Costa; e demais autoridades convidadas, entre elas representantes do MCTIC, CNPq, Capes, Finep, e instituições como Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Instituto Federal da Paraíba (IFPB), entre outras.

O presidente do CNPq, João Luiz Filgueiras, de Azevedo apresentou a atual situação da agência e pontuou os impactos que podem ser sentidos em ações desenvolvidas com as Fundações de Amparo à Pesquisa. Segundo o presidente, também estão sendo feitos estudos sobre alternativas de ampliação de recursos privados para a promoção de ações.

Marcelo Camargo, da Finep, defendeu a necessidade de investimentos como política de Estado. Ele destacou as ações da agência em parceria com as FAPs, sobretudo dos programas Centelha e Tecnova 2. No Fórum de João Pessoa, também foi feita a assinatura do Termo de Convênio do Programa Centelha-Paraíba entre o Governo do Estado/Fapesq com a Finep.

Representando a Capes, a coordenadora de Programas Estratégicos, Priscila Cagni, apresentou a atual situação de contingenciamento da agência e as ações feitas para minimizar impactos nos programas desenvolvidos, sobretudo com as FAPs. Ela acolheu demandas das Fundações que serão apresentadas à entidade.

As inscrições do Programa Centelha no estado da Paraíba terão início em 17 de junho e vão até 17 de julho de 2019.

Lançamento Programa Centelha Paraíba

Lançamento Programa Centelha Paraíba

Lançamento Programa Centelha Paraíba

Lançamento Programa Centelha Paraíba

Lançamento Programa Centelha Paraíba

Lançamento Programa Centelha Paraíba